/Socorro tem turismo rural, de aventura e compras

Socorro tem turismo rural, de aventura e compras

Créditos – Catraca livre e Conexão Planeta

catracalivre

Comunicar para empoderar

Visitar Socorro é fazer turismo de lembrança.

É a comida de roça feita no fogão a lenha, o sítio perfumado pelo aroma da cachaça envelhecida no alambique de carvalho e as compras de malhas com preços convidativos.

Créditos: Eduardo Vessoni

Área rural de Socorro, a 140 km de São Paulo

Mas Socorro já não é mais a mesma.

Localizado na Serra da Mantiqueira, esse destino deixou de ser apenas endereço de águas termais e fabricação de malhas para ganhar o mundo das atividades de aventura e do turismo rural bem estruturado.

Segundo a ASTUR (Associação Socorrense de Turismo de Socorro) são mais de 20 atrações de aventura em toda a cidade.

E a melhor notícia que vem daquelas terras montanhosas, na divisa com Minas Gerais, é que os preços por ali não se contaminaram com os valores praticados em outros destinos brasileiros de aventura.

Só para ter uma ideia, um café caipira em área rural e com cerca de 20 itens sai por R$ 20 por pessoa; e um circuito de três tirolesas por R$ 65, em um parque de aventuras.

Conhecida como ‘Cidade da Aventura’, Socorro é um dos principais destinos de aventura do país e é considerada a primeira cidade brasileira a conquistar certificação internacional para atividades de turismo de aventura.

Viagem em Pauta esteve em Socorro, no último mês de abril, e preparou esse guia completo com dicas e roteiros na Cidade da Aventura, como o local também é conhecido:

Parques de Aventura

Pedra Bela Vista

Créditos: Eduardo Vessoni

Final de tarde na Pedra Bela Vista, em Socorro

Sem dúvida, essa é uma das vistas panorâmicas mais impressionantes de Socorro.

Considerado o primeiro parque de aventuras de Socorro, o local é concorrido, durante os finais de tarde, no Mirante Pedra Bela Vista, uma pedra com vista para a Serra da Mantiqueira e cidades vizinhas.

Localizado no ponto mais alto de Socorro, em um desnível de 250 metros, o local abriga também o maior rapel do destino (R$ 85), uma descida de 98 metros, que inclui treinamento obrigatório em uma rocha de 15 metros.

Créditos: Eduardo Vessoni

Vista do mirante da Pedra Bela Vista, em Socorro

Outro destaque é o trekking das grutas (2h – R$ 65), com passagem por fendas da Boca do Sapo e da Gruta do Olheiro, por onde passaram os paulistas da Revolução de 32. A atividade inclui também um pequeno rapel de 10 metros.

O local é conhecido também pelo Rock View, em que o visitante é preso por cordas e tem vista exclusiva na beira de um precipício.

Pedra Bela Vista
Onde: Rod. Vapitão Barduíno (acesso pelo Caminho Turístico do Rio do Peixe)
Horário: diariamente das 10h até o pôr do sol. Já o restaurante abre a partir das 12h, de quarta a domingo.
Informações: (19) 9 9175-7600 / 9 7174-7770 ou www.pedrabelavista.com.br

Parque dos sonhos

Créditos: Cuca Jorge/Divulgação

Tirolesa Voadora, no Parque dos Sonhos, em Socorro

Localizada em uma área de 48 hectares, próximo à divisa da mineira Bueno Brandão (MG), esse parque guarda algumas das melhores tirolesas de Socorro, como a Voadora (R$ 60) que tem um km de extensão, a 120 metros de altura.

Já o Circuito Radical (R$ 65) inclui 3 etapas de tirolesa com extensões que vão de um km a 200 metros.

Créditos: Eduardo Vessoni

Parque dos Sonhos, em Socorro

Mas o melhor dessa atividade, que tem acesso por um traslado feito em um trator, é ter aquele tapete verde de montanhas sob os nossos pés.

O parque conta também com uma cachoeira em forma de escorregador, boia cross, arvorismo para crianças e rafting.

Parque dos sonhos
Onde: Estrada da Varginha, km 7 (Caminho Turístico do Rio do Peixe)
Quanto: R$ 16
Informações: (19) 3895-3161 ou www.parquedossonhos.com.br.

Parque Aui Mauê

Esse bem estruturado parque de 30 mil m², pioneiro no turismo de aventura da cidade, tem atividades em meio à natureza, como circuitos de rafting no rio do Peixe, com extensões que vão de 4 km (1h30 e R$ 75) a 7 km (2h30 e R$ 95).

Créditos: Divulgação

Trilha das Cachoeiras,
no Parque Aui Mauê

No final da atividade, os participantes são recebidos com cachaça artesanal.

Na propriedade, é possível realizar também uma tirolesa curta de 180 metros (R$ 29) que passa sobre um lago; e a Trilha das Cachoeiras (R$ 59), uma caminhada de dois km, com 1h30 de duração e passando por quedas como a Prainha, da Toca e da Massagem.

Parque Aui Mauê
Onde: Rodovia Rio do Peixe, km7
Quanto: Entrada grátis
Informações: T(19) 3895-1668 / (19) 99937-4309 ou www.auimaue.com.br

***

Parque Monjolinho

Nesse parque de aventura, é possível praticar atividades a partir de R$ 10, como escalada, trilhas e rapel.

Créditos: Eduardo Vessoni

Stand Up Paddle, no Parque Monjolinho

O destaque são os passeios guiados de caiaque e Stand Up Paddle (1h30 / R$ 60) que pode ser feito com acompanhamento de pets em uma prancha mais larga, ideal para iniciantes. A remada de 900 metros, aproximadamente, é feita em águas calmas até uma cachoeira do Rio do Peixe.

Créditos: Eduardo Vessoni

Stand Up Paddle, no Parque Monjolinho

A melhor época para participar da atividade é de abril a novembro, quando o nível do rio é mais baixo.

Parque Monjolinho
Onde: Caminho Turístico do Rio do Peixe, km 6
Reservas: D’Pé na Prancha – (19) 9 8156-2161 com Neto
Informações: (19) 3895-7346 / 9 9898-8118 ou www.parquemonjolinho.com.br

***

Caverna

Caverna do Quebra Corpo

Créditos: Eduardo Vessoni

Caverna do Quebra Corpo, em Socorro

Para conhecer uma Socorro diferente e profunda, literalmente, a dica é a trilha guiada por 450 metros dessa caverna.

Catalogada no Cadastro Nacional de Cavernas, desde 2007, a Quebra Corpo se caracteriza pelos diferentes cenários, internos e externos, que são explorados pelos participantes, ao longo de três horas de atividade.

A trilha (R$ 105), de alto nível de dificuldade, inclui transposição de pedras, caminhada por floresta e passagem por corredores e ribeirões interiores.

Mais do que mais uma opção turística em Socorro, esse caving é uma experiência de exploração em uma das maiores cavernas de granito do Brasil.

Nos meses de inverno, procure visitar o local pela manhã, quando a luz natural ilumina o interior da caverna, através de claraboias naturais.

Créditos: Divulgação

Gruta do Anjo, em Socorro

Já a Gruta do Anjo é uma formação que surgiu com o trabalho de extração de minerais que começou a ser feita no local, nos anos 60.

As diferentes figuras que se formam em suas galerias podem ser visitadas a pé ou em passeios ecológicos de pedalinho.

Caverna do Quebra Corpo
Caminho Turístico do Rio do Peixe, km 7,7
Tel.: (19) 3855-7474 / 9 9906-7544.
www.proximaventura.com.br

Gruta do Anjo
De terça a domingo, das 9h às 16h30.
R$ 25 por pessoa
Caminho Turístico do Rio do Peixe
Tel.: (19) 3895-1357
www.pousadagrutadoanjo.com.br

***

Cachaça

Alambique Pioneira

Créditos: Eduardo Vessoni

Alambique Pioneira, em Socorro

Considerada a primeira cachaça orgânica do estado, a Pioneira é produzida na área rural de Socorro, há 32 anos.

A produção familiar garante cerca de 1.500 litros mensais das versões prata (R$ 18), feita em tonel de inox, e da ouro (R$ 25), envelhecida em carvalho por, no mínimo, um ano.

O local também comercializa licores de frutas (R$15), como banana, abacaxi e pitaia.

Diariamente, das 9h às 17h.
Caminho Turístico Pereiras, km 4,5.
Tel.: (19) 3855-2647

***

Compras

Créditos: Divulgação

Portal de Socorro

Considerada um dos maiores polos de malhas do estado, a cidade surpreende pelas opções de outlets e shoppings com opções de roupas femininas e masculinas, no varejo e no atacado.

Os endereços mais conhecidos são o Shopping Loja Moda de Fábrica, com mais peças para atacadistas e varejistas; a Feira Permanente de Malhas, que abriga produtos de tricô de mais de 400 malharias da região; e o Circuito Outlet, em funcionamento em uma área de 15 mil m² e 50 lojas.

***

Onde ficar

Chalés Santa Catarina

Créditos: Eduardo Vessoni

Massagem na piscina do Chalé Santa Catarina, em Socorro, no interior de São Paulo

Inaugurado em 2015 por um casal da Austrália (ela, brasileira; e ele, australiano de Melbourne), conta com oito chalés espaçosos, equipados com cozinha, fogão, geladeira e utensílios.

Os 1.600 m², no Caminho Turístico do Rio do Peixe, incluem também ofurô aquecido e sessões de ioga na piscina, incluso nos pacotes de final de semana.

Nos feriados prolongados, o hotel oferece também sem custo uma massagem relaxante com óleos essenciais e reiki, com 50 minutos de duração, e uma atividade de aventura, como tirolesa, trilha ou rock view na Pedra Bela Vista.

O estabelecimento é pet friendly e é conhecido pelo atendimento personalizado na hora da ekaboração das atividades turísticas dos hóspedes.

A partir de R$ 220 (duplo com café da manhã)

Tel.: (19) 9 9945-7555
Caminho Turístico do Rio do Peixe, km 1,5
Piscina com hidro e cascata
www.chalessantacatarina.com.br

Hotel Fazenda Parque dos Sonhos

Créditos: Juca Jorge

Vista aérea do Hotel Fazenda Parque dos Sonhos, na área rural de Socorro

A hospedagem em apartamento ou chalé com vista para as montanhas da região custa de R$ 450 (meia pensão) a R$ 1.200 (valores por casal, de sexta a domingo).

Estrada da Varginha, km 7 (Caminho Turístico do Rio do Peixe – divisa com Bueno Brandão, em MG)
www.parquedossonhos.com.br

Aui Mauê

Localizado no parque de mesmo nome, conta com hospedagem em camping ou em um dos 10 chalés, equipados com TV e frigobar.

Tarifas sob consulta.

Rodovia Rio do Peixe, km 7
Tel: (19) 3895-1668 / (19) 99937-4309
www.auimaue.com.br

Hotel Grinberg’s

Hospedagem pet friendly e day use com todos os serviços de lazer do hotel são alguns dos destaques.

As refeições, do café da manhã ao jantar ( de R$ 20 a R$ 44,90), estão abertas também para não-hóspedes.

Estrada da Pompeia, 210 (Bairro Pompeia)
Tel.: (19) 3895-9500 / 9 7142-9110
www.grinberghotel.com.br

***

Onde comer

Sal & Pimenta

Restaurante de shopping com pratos com sabor comida de roça. O buffet com cerca 20 opções tem pratos como lasanha de berinjela, nhoque recheado, tilápia de Socorro e lombo como farofa de abacaxi.

Quilo por R$ 38,90 e R$ 49,90 (finais de semana). Abre apenas para almoço.

Créditos: Eduardo Vessoni

Ravioli do restaurante D’Napoli, no centro de Socorro

Onde: Av. Dep. Antonio Silvio da Cunha Bueno, 3230 (SP-147, km 4 (Shopping Moda de Fábrica)

D’Napoli

A localização detrás de um posto de gasolina nem sempre convida, mas essa boa opção no centro de Socorro tem cardápio equilibrado com massas, carnes e peixes, além de carta de vinho 35 rótulos diferentes, de dez países.

A casa, frequentada sobretudo por moradores da região, é conhecida pelos pratos individuais, extremamente, bem servidos, como a desmanchante parmegiana de filé mignon, e as massas feitas no local, como nhoque, ravioli, lasanha e fettuccine.

Créditos: Eduardo Vessoni

Crostata do restaurante D’Napoli, no centro de Socorro

Comece com uma crostata (massa de pizza servida como aperitivo), acompanhada de sardela, berinjela, ricota e ervas finas. Na última quinta do mês, a casa, sob o comando do paranaense Paulo Segatto, tem também rodízio de pizza (R$30).

De 4ª a sábado (das 19h à meia-noite) e sábado e domingo, também das 12h às 16h
Tel.: (19) 3895-0724 / 9 9191-3785
Rua Capitão Joaquim de Souza Pinto, 177
www.ristorantednapoli.com.br

Lübeck

Essa casa em estilo pub é conhecida pelo amplo cardápio que vai das porções de linguiça artesanal e panqueca libeck (3 queijos, palmito, peito de peru, champignon) a pratos alemães como eisbein (joelho de porco – R$ 59,90) e bolinhos de feijoada (R$ 24,90 – 8 unidades).

Um dos destaques do bar é a costela suína (R$55,90).

Rua José Bonifácio, 135 – Centro
Tel.: (19) 3895-6892
Diariamente, das 11h às 15h; e jantar (de 5ª e 6ª, das 19h ao último cliente). Aos sábados, funciona direto até o jantar.
www.lubeckbar.com.br

Terra Aventura Restaurante
Esse restaurante do Parque dos Sonhos tem buffet variado de pratos frios e quentes (R$ 35), feitos em fogão a lenha, em setor rural de Socorro, a 15 km da cidade.

Estrada da Varginha, km 7 (Caminho Turístico do Rio do Peixe)
Tel: (19) 3895-3161.
www.parquedossonhos.com.br

Aui Mauê
Em uma área de 30 mil m², esse parque de aventura conta também com buffet variado (R$ 44 por pessoa) com boas opções de carnes e peixes, servido em local com visto para o lago da propriedade.
www.auimaue.com.br

Pedra Bela Vista

Créditos: Eduardo Vessoni

Pan de Palo feito pelos próprios visitantes da Pedra Bela Vista

Conhecido pelos finais de tarde no ponto mais alto de Socorro, esse restaurante concorrido com vista panorâmica da cidade serve pizzas feitas na pedra e ceveja artesanal.

Destaque para a receita que o proprietário Daniel Rosa trouxe do sul do Peru, o Pan de Palo, uma massa de pão espetada na ponta de um pau de madeira e assada pelo próprio cliente, em uma fogueira ao ar livre. Após assado, o pão é recheado no restaurante com ingredientes escolhidos pelo participante.

Créditos: Eduardo Vessoni

Vista do bar da Pedra Bela Vista, em Socorro

O parque funciona, diariamente, das 10h até o pôr do sol. Já o bar está aberto a partir do meio-dia, de quarta a domingo.
Tel.: (19) 9 9175-7600 / 9 7174-7770
Rod. Vapitão Barduíno (acesso pelo Caminho Turístico do Rio do Peixe)
www.pedrabelavista.com.br

Restaurante Segatto

Recém inaugurado, esse buffet é uma das melhores surpresas no setor de comida por quilo.

Com bufê discreto, mas pratos simples bem feitos, a casa conta com serviço de buffet livre (R$ 19,90, de 2ª a 6ª; e R$ 25,90, final de semana) ou por quilo (R$ 36,90, de 2ª a 6ª; e R$ 44,90, sáb. e dom.)

Onde: Rodovia Capitão Bardoino, km 133, anexo ao Outlet
Almoço, das 11h às 16h.

Rancho Pompeia

Créditos: Divulgação

Café Caipira do Rancho Pompeia, em Socorro


Para uma autêntica experiência rural, a dica é o Café Caipira (R$ 20) que funciona em área rural da cidade, há 20 anos em funcionamento.

“É um café com tudo o que a gente tinha na casa da vó, como bolinhos de chuva e de milho, canjica e pães caseiros. É um café reforçado para ninguém sair com fome”, descreve a proprietária Márcia Meneghelli.

O sítio conta também com almoço caipira, mediante reserva prévia, com opções como costela no bafo ou frango com polenta (R$ 35 cada) e porco no rolete (R$ 50); e passeios a cavalo (R$ 25 por pessoa; diariamente, das 9h às 16h).

Aberto diariamente das 8h às 18h.
Caminho Turístico da Pompeia, km 4
tel. (19) 9 9903-0284 / 9 9711-9595

***

Circuito das Águas

Socorro é um dos noves municípios paulistas que fazem parte do Circuito das Águas, formado também por cidades como Águas de Lindoia, Amparo, Holambra e Serra Negra.

Criado em 2004, esse consórcio, que também inclui Jaguariúna, Lindoia, Monte Alegre do Sul e Pedreira, é uma parceria das prefeituras locais para a promoção de atrações turísticas e artísticas da região. Informações: www.circuitodasaguaspaulista.sp.gov.br

***

Principais eventos

Próxima Aventura

As opções de atividades vão de trilhas em cachoeiras (R$ 59) a rafting, em percursos que variam de 2h30 a 3h30 (valor sob consulta).
A agência opera também na Caverna do Quebra Corpo e passeio de bote no Rio do Peixe (1h30 / R$ 80)

Caminho Turístico do Rio do Peixe, km 7,7
Tel.: (19) 3855-7474 / 9 9906-7544.
www.proximaventura.com.br

Mountain Adventure

Sob o comando do turismólogo Eduardo Spínola, há 33 anos trabalhando com turismo de aventura, a agência tem saídas personalizadas para prática de rapel, cascading, trekking e caving na Caverna do Quebra Corpo, em áreas naturais, fora dos parques temáticos.

Tel.: (11) 9 7487-0132 / (19) 3895-7172 / (19) 3295-7172

Mundaka Aventura

Opera no parque de aventura Aui Mauê, com atividades como rafting, quadriciclo, Tirolesa dos Lagos e Trilha das Cachoeiras.

Uma das novidades é o KR9, rafting em botes menores que atingem maior velocidade.

Caminho Turístico do Rio do Peixe, km 7
Tel.: (19) 3895-1668 / 9 9937-4309 / 9 9933-5961
www.mundakaventura.com.br ou www.auimaue.com.br

***

Como Chegar
A cerca de duas horas da capital paulista, Socorro tem acesso pela rodovia Fernão Dias (BR-381), que conecta São Paulo a Belo Horizonte. No km 22, o motorista deve entrar em Bragança Paulista e de lá seguir até Socorro pela BR-146.

A viagem passa também por cidades do interior como Mairiporã, Atibaia e Pinhalzinho.

O pedágio custa R$ 2,30, tanto na ida como na volta.

Quem vai de ônibus, a opção é a Viação Bragança. A viagem dura em média 2h35 e a passagem custa R$ 44.25.

Circulando

Créditos: Eduardo Vessoni

Roda Socorro, transfer temático no interior de São Paulo

Com atividades espalhadas por setores rurais da cidade e sem opção de transporte público, Socorro é melhor explorado com veículo próprio.

As atrações do destino se localizam em caminhos turísticos, estradas temáticas que abrigam atrações de aventura, turismo rural e hospedagens.

Selo Facilite

Os principais roteiros são o Caminho Turístico do Rio do Peixe, Caminho Turístico do Cristo (que leva até a escadaria de acesso à essa estátua com vista panorâmica da cidade), Caminho Turístico da Pedra Bela Vista e o Caminho Turístico Pompeia.

Todas com acesso pela SP-008 – Capitão Barduíno.

Para quem quer dar um tempo do volante (e aproveitar o talento etílico do destino), uma boa alternativa é o Roda Socorro, serviço de traslados a bordo da Jurema, uma kombi personalizada que faz roteiros urbanos, como o city tour de três horas de duração, ou temáticos como o tour por cervejarias artesanais e alambiques de Socorro.

A partir de R$ 35 por pessoa / tel.: (19) 9 9932-9813 (Lígia)

Quando ir

Socorro é destino para o ano inteiro.

alta temporada vai de dezembro a fevereiro, e nas férias de julho, quando atrações e hospedagens estão mais cheias, assim como nos feriados prolongados.

temporada de chuvas costuma ir de novembro a março, período em que os rios locais enchem e favorecem a prática de rafting.

Quem vai encarar a Caverna do Quebra Corpo no inverno, deve programar-se para visitá-la pela manhã, quando a luz do sol ilumina seu interior. Segundo guias locais, a caverna tem boa iluminação durante todo o dia, no verão.

10 hotéis mais ‘instagramáveis’ do mundo

The post Socorro tem turismo rural, de aventura e compras appeared first on Catraca Livre.